Notícia

Skip Navigation LinksHome > Simpro > Notícia

Educação continuada já atingiu cerca de mil farmácias e 18 mil farmacêuticos
05/05/2009

Uma das novidades da nova etapa é a possibilidade de os farmacêuticos e colaboradores assistirem aos treinamentos na própria farmácia por meio da TV Farma, via satélite

O Sistema Nacional de Aperfeiçoamento e Monitoramento Magistral (SINAMM), que vem sendo implantado pela Associação Nacional de Farmacêuticos Magistrais (Anfarmag), já atingiu cerca de mil farmácias, 18 mil farmacêuticos e 25 mil colaboradores em treinamentos realizados durante o primeiro ciclo. Em janeiro último, a entidade iniciou a segunda etapa do sistema.
“A educação continuada é o pilar de maior importância no SINAMM. O conhecimento é que traz todas as transformações em qualquer setor e não poderia ser diferente no magistral”, diz a segunda vice-presidente da Anfarmag, Alba Lívia Andrade, que comanda a diretoria do SINAMM. Conforme o entendimento da Anfarmag, os farmacêuticos e colaboradores passam a perceber, a partir dos treinamentos, a importância de adotar as práticas recomendadas pela legislação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).
O primeiro ciclo, por exemplo, incluiu estudos biofarmacêuticos para critérios de escolha de excipientes de cápsulas, banco de dados com fichas de referência para insumos farmacêuticos e modelos atualizados de procedimentos operacionais.
Já o segundo ciclo, também elaborado para atender as necessidade de contínuo aperfeiçoamento dos profissionais e farmácias magistrais, engloba a recém-editada resolução 87/ 2008, da Anvisa, além da 67/ 2007. A resolução publicada no ano passado prevê a retirada da obrigatoriedade da análise de diluídos e autorização para o farmacêutico prescrever e indicar produtos manipulados que não exigem prescrição médica.
Uma das novidades da nova etapa é a possibilidade de os farmacêuticos e colaboradores assistirem aos treinamentos na própria farmácia por meio da TV Farma, via satélite, além de cada programa ter pontuação própria acumulada conforme o cumprimento das atividades.
“Inovamos a educação continuada por meio da TV neste segundo ciclo. No Programa de Educação Continuada, todos os colaboradores podem participar e cumprir a legislação sanitária de forma completa, ou seja, pelo treinamento propriamente dito e pela avaliação da eficácia do treinamento, preenchendo dez questões de múltipla escolha através do webdesk da Anfarmag”, explica Alba. “Caso não consiga atingir uma nota mínima (7,0), tem mais duas chances de preencher novas avaliações e receber um certificado de participação. No futuro, teremos um grande banco de dados de profissionais altamente qualificados em condições de competir por melhores empregos”, conclui.

Cerca de 1.025 avaliações já foram feitas por farmacêuticos no segundo ciclo, -- mais de 90% deles conseguiram superar a média 7,0. Mais de 1.801 foram feitas por colaboradores -- aproximadamente 96% obtiveram nota igual ou superior a 7,0. Os ministrantes já responderam ao menos 90 perguntas por meio do banco de perguntas e respostas disponibilizado no webdesk da Anfarmag. Para tirar dúvidas relacionadas aos treinamentos, os participantes do SINAMM devem acessar o webdesk, informando login e senha.

FONTE:
Cleinaldo Simões Assessoria de Comunicação
(11) 5585-3363 / 8192-0099 / 8192-0002
www.cleinaldosimoes.com.br
Daniele Martins
assessoria2@cleinaldosimoes.com.br

 


Fonte: