Notícia

Skip Navigation LinksHome > Simpro > Notícia

Lançada 5ª edição da CBHPM
06/01/2009

Já está disponível a todos os médicos e operadoras de planos de saúde a 5ª edição da Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos (CBHPM), publicada pela Associação Médica Brasileira (AMB), Conselho Federal de Medicina (CFM) e Federação Nacional dos Médicos (Fenam).
O novo volume, que entra em vigência no dia 18 de outubro de 2008, possui 4.150 procedimentos médicos, dos quais 3.625 estão contidos também no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde da ANS (Resolução Normativa ANS 167/2008). Além disso, todas as alterações e exclusões aprovadas pela Câmara Técnica da CBHPM e editadas por meio de resoluções normativas estão agora listadas.
A inclusão do conteúdo do Rol de Procedimentos Médicos da ANS na CBHPM é resultado do trabalho iniciado em junho de 2007 pelo COPISS (Comitê de Padronização de Informações de Saúde Suplementar). Neste período, Amilcar Giron e Florisval Meinão, representantes da AMB no grupo, junto a uma equipe técnica da ANS e das operadoras de saúde, compararam e compatibilizaram as nomenclaturas e a codificação dos procedimentos que faziam parte da lista de cobertura mínima e obrigatória tendo como base a metodologia da CBHPM. Em 2009, a nova edição da CBHPM será utilizada na codificação da TISS (Troca de Informações em Saúde Suplementar) e será a base da TUSS (Terminologia Unificada da Saúde Suplementar).
Lançada em julho de 2003, a CBHPM lista de forma hierarquizada todos os procedimentos apropriados para o uso clínico, definindo assim a integralidade da saúde. Para sua elaboração, as Sociedades de Especialidade reconhecidas no Brasil, analisaram os respectivos procedimentos médicos e procuraram hierarquizá-los tomando como referência o procedimento mais freqüentemente realizado.
Quando surge uma proposta para incluir ou retirar algum procedimento médico, esta é encaminhada à equipe de medicina baseada em evidências, que analisa as justificativas. O projeto também é enviado à Câmara Técnica da CBHPM e à Câmara Técnica de Avaliação de Tecnologias.

FONTE:
AMB - Imprensa
(11) 3178-6800
www.amb.org.br


Fonte: